“Forró do Mica” Chegou o grande dia!

Hoje, dia 30 de abril, é o dia marcado para o melhor evento do ano, que acontecerá logo mais às 22:00 horas no Clube de Campo Caiçara, em Livramento – BA. Não haveria melhor maneira de comemorar o dia do trabalho, se não com uma festa de qualidade, não é mesmo? Então junte-se a nós e venha fazer parte do Forró do Mica! Várias atrações e diversas opções de entretenimento em um espaço completamente estruturado e ornamentado com a maior qualidade possível! Não se esqueça: É logo mais, o evento que veio pra ficar e marcar a história de todos aqueles que já tiveram a oportunidade de fazer parte dessa grande festa! Ney Eventos e Empreendimentos convida a todos com muito carinho, porque aqui é tudo diferente! Adquira já o seu ingresso em um dos pontos de vendas e vem com a gente!

Intervenções na Estação de Tratamento chegam à terceira etapa

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informa à população de Livramento de Nossa Senhora que as obras de melhoria na estação de tratamento com o objetivo de garantir a manutenção da qualidade da água disponibilizada pelo sistema de abastecimento seguem em andamento. Na próxima segunda (30), será iniciada mais uma etapa das intervenções e a oferta de água será reduzida em até 34% durante a execução do serviço com previsão para acontecer até o dia 20 de maio.

Neste período, é importante que a população adote medidas de consumo racional, adaptando as necessidades de consumo dos imóveis com a instalação de reservatório domiciliar (caixa d’água) para que não falte água nos imóveis durante a realização do serviço. Em algumas áreas específicas da cidade o abastecimento alternativo e complementar acontecerá por meio de carros-pipa.

Recomendações

 

É importante evitar o uso de água potável para a lavagem de carros, de calçadas ou rega de plantas e jardins. Para esses fins, é recomendável o reuso da água de lavagem de roupas ou da lavagem de hortaliças e legumes. Também é preciso que a população seja vigilante em relação a vazamentos na rede interna do imóvel.

Para informar vazamentos na rede pública distribuidora ou uso clandestino da água da rede de distribuição, a população pode utilizar o site da Embasa ou ligar para o tele atendimento gratuito 0800 0555 195.

Governo estuda liberar saques do PIS/Pasep para qualquer idade

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, confirmou hoje (26) que o governo estuda liberar, temporariamente, os saques do PIS/Pasep para os trabalhadores, independentemente de idade. O objetivo é dar uma injeção de estímulo à economia em torno de R$ 10 bilhões a R$ 15 bilhões. Pela proposta, poderão sacar os recursos os trabalhadores cadastrados no fundo até 4 de outubro de 1988 e que ainda não retiraram o saldo total de cotas nas contas individuais.

Após participar da 2ª Conferência do Banco de Desenvolvimento da América Latina Infraestrutura para o Desenvolvimento da América Latina, em Buenos Aires, Colnago disse que está em estudo a hipótese de abrir uma “janela temporal de um ou dois meses” para que os trabalhadores façam os saques dos recursos retidos. Porém, a medida ainda depende de aprovação no Congresso Nacional.

O texto em tramitação no Congresso é relatado pelo senador Lasier Martins (PSD-RS) e aguarda votação. Atualmente, o fundo só pode ser sacado por aposentados ou pessoas com mais de 70 anos. A proposta do governo era reduzir a idade para 60 anos. O relator propôs a “janela temporal”.

Servidores

Colnago sinalizou ainda que o governo ainda examina a possibilidade de reajustar os salários dos servidores federais, em 2019. Segundo ele, o Executivo analisa “janelas” para ter “mais liberdade” sobre o que deve ser colocado em prática.

De acordo com o ministro, no momento o que há é uma proposta para adiar concessões de reajustes e, não suspendê-los de forma definitiva. Ele disse que a proposta é para dar uma margem de manobra maior ao proximo governo, que tomara posse em 2019 tendo apenas R$ 100 bilhões para despesas de custeio. “É um valor baixo. Para se ter uma ideia, este ano nós temos R$ 128 bilhões”, disse.

Dólar

Questionado sobre a alta do dólar, que chegou ontem a R$ 3,48, o valor mais alto em quase dois anos, Colnago admitiu que a continuidade do valor alto não contribui para a economia. Segundo ele, esta volatilidade é ruim. Porém, o ministro se disse convencido que deve uma estagnação em torno de R$ 3,50.

Colnago reiterou que a alta do dólar impacta diretamente na inflação, mas não demonstrou preocupação: “Temos uma certa gordura, nível de inflação abaixo da meta [por exemplo]”. De acordo com ele, o volume de reservas em torno de US$ 380 bilhões e a balança comercial em superávit de US$ 65 bilhões colaboram para um clima de equilíbrio, mesmo com a volatilidade da moeda norte-americana.

Crescimento

Segundo ministro, o governo trabalha com  uma estimativa de 3% de crescimento para este ano, alinhada com o mercado. “Não tem uma posição oficial. O mercado está caminhando para 2,7% a 2,8%, seria um bom crescimento”, disse. “Nosso produto potencial seria de 2,5%.”

Colnago lembrou que a perspectiva de crescimento econômico está diretamente associada à utilização do que hoje é uma capacidade ociosa na indústria nacional, o que pode mudar a estrutura atual, e também considerar as possibilidades de reformas em curso, como a da Previdência.

Para o ministro, o processo como um todo deve levar de três a quatro anos. De acordo com ele, em 2022, o Brasil deve “estar no mesmo patamar” de 2014. Ele ressaltou que a inflação está “muito bem comportada”, assim como os juros nominal e real estão mais baixos. “O importante é que a gente consiga manter baixos a inflação e os juros”, afirmou.

Reforma da Previdência 

O ministro defendeu ainda a retomada das discussões sobre a reforma da Previdência. De acordo com ele, a despesa em torno de R$ 40 a R$ 50 bilhões por ano. “O novo presidente terá um conjunto de desafios pela frente”, observou.

Forró do Mica : Contagem regressiva para a festa mais esperada de 2018

Para os que estavam com saudade das festas realizadas por Ney Eventos e Produções, agora, os bons momentos estão de volta. Segunda, dia 30, acontece a edição 2018 do Forró do Mica, o evento mais esperado do ano. Este ano, com “climão” de feriado, já que a festa acontece, dia 30, exatamente na véspera do feriado do Dia do Trabalhador (1º de Maio)

O slogan “a melhor segunda-feira do mundo”, explica a expectativa e a ansiedade de todos, à espera da maior e mais popular festa de Livramento. O empresário Ney Trindade promete uma grande infraestrutura profissional somente vista em super produções de eventos para shows de grandes metrópoles brasileira e mundial.

Para isto, foi montado o cenário no Clube de Campo Caiçara, que terá grandiosa estrutura de arena, camarotes open bar, arquibancadas cobertas, setores de mesas, banheiros, lounges para as mesas e camarotes, barracas de alimentação e cantinho do xote.

Você deve está curioso para conhecer a grade de shows. Vamos ao que interessa: Mano Walter, Forró da Pegada, Fan Estourado, Naldinho e Léo Rios, André e Maauro.

A venda de permanentes, camarotes open bar está a mil e podem ser adquiridos na Decore Festa, Sofia Comissária, Sorveteria Beijo Frio, Restaurante Trindade, Tiazinha Distribuidora (Brumado). Shows de grande impacto para quem quer diversão, alegria e agitação. A partir de se adentrar na Arena do Caiçara a recomendação é uma só: “ei, psiu, a hora é de brincar”.

Gostou ou quer mais?

Vamos nessa, galera, porque o Forró do Mica vai ser massa!!!

Por: Mural de Notícias

NOSSA TERRA, NOSSO ORGULHO – BAIRRO BELO HORIZONTE

 

Na última sexta-feira (24/04/2018) começaram os serviços para a pavimentação das ruas do Bairro Belo Horizonte. A verba para essa obra é oriunda de um convênio entre a prefeitura de Livramento com o governo do estado, através da CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), serão seiscentos e três mil, quatrocentos e sessenta e oito reais e sessenta e oito centavos, que beneficiará as ruas Manoel Matias, Colibri, Canário, Azulão, Bem-Te-Vi e Rua da Praça, todas no Bairro Belo Horizonte. Esse convênio com o governo da Bahia contou com o total apoio do deputado estadual Marquinhos Viana.

SEINF – ILUMINAÇÃO PÚBLICA

A equipe de iluminação pública da SEINF (Secretaria Infraestrutura) esteve no bairro Benito Gama efetuando a troca e manutenção das lâmpadas e braços dos postes. As ruas que ficam ente a Rua J e a Rua S receberam os serviços. A SEINF pede que os moradores ajudem na conservação da iluminação pública, visto que os técnicos estão efetuando os reparos, porém está acontecendo muita depredação e vandalismo, destruindo, inclusive, as lâmpadas, cúpulas e braços que acabaram de passar por manutenção e/ou trocas.

Amistosos pré-aquecem times para o Certame Rural 2018

Domingo de amistosos pelos campos de futebol do interior do município foi uma prévia do que será o Rural 2018. Vários times se enfrentaram em jogos emocionantes que levaram as torcidas se encherem de otimismo, e houve até quem já quisesse apontar os favoritos para o certame deste ano que começa dia 28 de abril.

Pela manhã aconteceu um grande jogo entre os Morrinhos e Várzea de Dentro. O primeiro time jogou o Campeonato Rural ano passado, enquanto que Várzea de Dentro tem acesso esse ano ao garantir sua participação por ser beneficiado com a punição da equipe de Itanagé, e por ser o melhor colocado de 2017. Fora do Rural, subiu sem participar da seletiva. No final o resultado da partida foi Várzea de Dentro 3 x 1 Morrinhos.

Outro grande jogo foi entre a equipe de Varginha e Monte Oliveira, que terminou em 3×3. Patos e Sitio Novo fizeram uma grande partida, sendo vencedor o Sitio Novo por 2×1.  Tamboril II surpreendeu muito ao vencer o Lourenço pelo placar de 1×0, pois é a primeira vez que Tamboril participa do rural. Apesar de estreante, a equipe prova que está se preparando bem ao mostrar maturidade e bom futebol.

Outro novato que mostrou bom desempenho nas partidas amistosas deste domingo de muita movimentação futebolista foi o Jacaré ao empatar 1×1 com o Riacho da Salina. Por sua vez, Caroba fez o melhor jogo em finalização e venceu Itaguaçu 3×0. Pinçarão jogou com Estiva vencendo por 2×1, Rocinha jogou com Santa Teresa e vence por 4×1.

O Campo alegre recebeu a Baixa do Paulo, em casa, fez uma grande partida vencendo por 4×1. O amistoso de Lagoa Nova e Nado de Baixo foi bastante concorrido.  Um grande público prestigiou a partida. No final, o comentário é que foi um jogão, apesar do resultado ter sido 2×2. Marcaram gols nesta partida, pela Lagoa Nova, Igor, prata da casa, e Dirceu. Pelo Nado de Baixo, o gol foi carimbado pelos pés de Nenê.

Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado

O Comitê Gestor do Simples Nacional publicou hoje (23), no Diário Oficial da União, a regulamentação do Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. A adesão ao programa poderá ser feita até o dia 9 de julho de 2018, de acordo com os procedimentos que serão estabelecidos pela Receita Federal, PGFN, Estados e Municípios.

No último dia 3, o Congresso Nacional derrubou o veto do presidente Michel Temer ao projeto que institui o refinanciamento dos débitos de micro e pequenos empresários, o chamado Refis das Micro e Pequenas Empresas. Com a rejeição do ato presidencial, os empresários podem alongar as dívidas com a Receita Federal. Apesar de ter vetado integralmente o projeto de lei, o presidente Temer já havia se manifestado, há algumas semanas, favoravelmente à derrubada do próprio veto, posição que foi confirmada em plenário pelo líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE).

Os débitos apurados no Simples Nacional até a competência de novembro de 2017 poderão ser parcelados em até 180 parcelas mensais.

As cinco primeiras parcelas vencerão a partir do mês de adesão, correspondendo a 1% da dívida consolidada, corrigidas pela taxa básica de juros, a Selic.

Caso o contribuinte não pague integralmente os valores correspondentes a 5% da dívida consolidada (com as devidas atualizações), o parcelamento será cancelado.

O saldo restante (95%) poderá ser liquidado integralmente, em parcela única, com redução de 90% dos juros de mora, 70% das multas de mora, de ofício ou isoladas e 100% dos encargos legais, inclusive honorários advocatícios; parcelado em até 145 mensais e sucessivas, com redução de 80% dos juros de mora, 50% das multas de mora, de ofício ou isoladas e 100% dos encargos legais, inclusive honorários advocatícios; ou parcelado em até 175 mensais e sucessivas, com redução de 50% dos juros de mora, 25% das multas de mora, de ofício ou isoladas e 100% dos encargos legais, inclusive honorários advocatícios.

A escolha da modalidade ocorrerá no momento da adesão e será irretratável, informou a Receita Federal.

O valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual – MEI e de R$ 300,00 para as demais microempresas e empresas de pequeno porte. As parcelas serão corrigidas pela Selic.

A Receita lembra que a adesão ao programa suspende eventual termo de exclusão do Simples Nacional, inclusive Ato Declaratório Executivo, que estiver no prazo de regularização de débitos tributários, que é de 30 dias a partir da ciência do respectivo termo.

Os pedidos serão direcionados à RFB, exceto com relação aos débitos inscritos em Dívida Ativa da União, os quais serão parcelados junto à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional; de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) encaminhados para inscrição em dívida ativa dos Estados ou Municípios, em virtude de convênio com a PGFN, que serão parcelados pelos estados e municípios.

A Receita ressaçta ainda que o pedido de parcelamento implicará desistência compulsória e definitiva de parcelamento anterior (até a competência de novembrode 2017), sem restabelecimento dos parcelamentos rescindidos caso o novo parcelamento venha a ser cancelado ou rescindido.

O MEI deve entregar a Declaração Anual do Simples Nacional – DASN-SIMEI para os períodos objeto do parcelamento.

Campanha de vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira em todo o país

A campanha nacional de vacinação contra a influenza começa nesta segunda-feira (23). A meta, segundo o Ministério da Saúde, é imunizar 54,4 milhões de pessoas, que fazem parte do grupo considerado “mais suscetível” ao agravamento de doenças respiratórias. Até 14 de abril deste ano, o governo já registrou 392 casos de influenza em todo país, com 62 mortes. Com 8 óbitos, o estado de Goiás antecipou a imunização, que começou no último dia 13 de abril.

Vacina da gripe
A vacina desse ano tem a possibilidade de proteger contra três tipos de vírus da gripe: o Influenza A, nas variações H1N1 e H3N2 e influenza B. Para o ministério, o acréscimo da proteção contra o H3N2 acontece após a infecção de 47 mil pessoas no hemisfério norte, em janeiro, mas no Brasil, segundo Carla Domingues, coordenadora-geral do programa de imunização do ministério, “não há nenhuma evidência que teremos uma circulação forte do H3N2”.